Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘tomografia’

scribatus_letra_Hecomendaram-me uma bateria desses exames de rotina. Tomografia computadorizada da coluna era a bola da vez. O laboratório, ótimo. Tinha até estacionamento próprio. Fui de carro.

Já deitado, lá no equipamento, esperava a coisa ser ligada. Duas enfermeirinhas bem franzinas entram na sala onde eu estava. Uma delas alegremente me avisa: vamos fazer sem aplicar o “contraste”, senhor. Disse-lhe: ótimo!

Logo em seguida, com as moças fora da sala, a geringonça tecnológica foi acionada. Eu ali, imóvel, enquanto a coisa me escaneava. Paciência, pensei, deve acabar logo. Cerca de cinco minutos depois achei ter escutado um “droga” vindo bem de longe. Logo o saberia, a voz era do técnico que operava a máquina. Imediatamente depois o equipamento parou. Por certo algo deu errado, concluí. As enfermeirinhas novamente entram na sala, estavam um pouco apreensivas. Infelizmente teremos que lhe aplicar o “contraste” e repetir o exame, senhor; falaram-me quase em uníssono. Tudo bem, disse-lhes. Contudo, a curiosidade, ah, a curiosidade…

– Enfermeiras, por gentileza, quanto de contraste vocês irão me aplicar?
– O padrão senhor, 50 ml. Disse-me uma.
– O que? Só 50? Olha só o tamanho dele! Vamos aplicar 100. Disse a outra à primeira, cheia de convicção.

Então, de longe, novamente, escutei aquela mesma voz do “droga”, agora a berrar: 130!! As moças se entreolharam. Pareceram-me de olhos arregalados. Assim sendo, após um brevíssimo interrogatório para me avaliarem, começaram a me injetar o tal contraste, dizendo: o senhor sentirá um forte aquecimento nas axilas e na pelve, sentirá um gosto metálico na boca, um pouco de mal-estar, talvez fique tonto e enjoado, mas é tudo normal.

Droga injetada, logo a geringonça foi novamente acionada. Em alguns minutos, concluíram o exame. O que eu senti? Bem, senti nada. Nada? Perguntou-me a preocupada enfermeira, enquanto retirava a agulha de meu braço. Não, não senti nada e ainda sairei daqui dirigindo. Muito obrigado.

Pois é. Desta pequena experiência cheguei à conclusão: se antes eu desconfiava, agora tenho certeza. Preciso mesmo emagrecer.

tomografo

Anúncios

Read Full Post »